bg

 

 

Conheça o conteúdo do livro Ex-agente abre a caixa-preta da ABIN"

 

 
 
Entrevista de André Soares à Rádio USP, sobre o livro "EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN"

 
 
Entrevista de André Soares à rádio Jovem Pan sobre o livro "EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN"
 

 

 

Lançamento do livro "EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN" na rádio Jovem Pan, por Cláudio Tognolli

 

Pagamento:

    1. É realizado em nosso site pela empresa Pagseguro, com as seguintes formas de pagamento: boleto bancário, transferências bancárias e cartões de crédito - à vista e parcelado (Visa, MasterCard Diners, American Express, Hipercard, Aura, Banco Bradesco, Banco Itaú, Banco Unibanco, Banco do Brasil, Banco Banrisul, Saldo PagSeguro).

Clique aqui para comprar

 

Descrição do produto e ficha técnica

Título: Ex-Agente Abre a Caixa-Preta da ABIN (Agência Brasileira de Inteligência)
Autor: André Soares
Editora: Escrituras
Edição: 1
Ano: 2015
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 384 páginas
ISBN: 978-85-7531-643-6
Peso: 733g
Dimensões: 230mm x 160mm

 

Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência: não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento,  estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam.

A obra EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) (selo Escrituras), do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito: como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção.

Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, “produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal: há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem”.

O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo: um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós.

Inserido, como um vocacionado profissional, nesse caótico cenário brasileiro, o autor vem denunciando, há anos, a criminalidade organizada que impera nos serviços de inteligência no Brasil. E é por esta razão que, também há muito tempo, é perseguido. Perseguido e severamente ameaçado, inclusive de morte. Tudo pela criminosa “comunidade de inteligência,” no comando da ABIN e na cúpula do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN). Eles consideram esta obra como um “livro proibido”.

“Como secretário nacional de Justiça aprendi, de início, que a ABIN é uma agência de vital importância para o Brasil. Aprendi que seus funcionários, em absoluta maioria, são pessoas preparadas e altamente qualificadas para desenvolver as tarefas que o país necessita. Mas esta obra revela um outro condão da agência. Aquele segundo o qual até o mais probo e preparado servidor público padece ante a questão do comando, a gestão e o direcionamento dado a produção do conhecimento, nem sempre republicano. Não há bem aventurança funcional que resista ao fisiologismo e caráter orgânico, partidário, hoje tão dominantes nas nossas instituições, a ABIN entre elas é claro.”

Romeu Tuma Junior, advogado e ex-Secretário Nacional de Justiça

Sobre o autor:

André Soares é consultor em Inteligência de Estado e diretor-presidente da empresa Inteligência Operacional. É Mestre em Operações Militares e experiente consultor em Inteligência de Estado. Foi analista de Contrainteligência da ABIN – Agência Brasileira de Inteligência, tendo atuado anteriormente no Centro de Inteligência do Exército (CIE). Possui formação, qualificação e atuação de excelência, especialmente em Inteligência, Contrainteligência e Operações de Inteligência. Ministra palestras, cursos e treinamentos em Inteligência de Estado e Inteligência de Segurança Pública para importantes instituições, agências e serviços de inteligência. Desenvolve aperfeiçoamentos para a atividade de Inteligência, aplicados à cientificidade da produção do conhecimento, e ao emprego operacional. É o criador da Revista Inteligência Operacional e autor de cinco livros: Operações de inteligência, A Tríade da Inteligência, Inteligência Operacional, Entrevista Operacional, Liderança Operacional, SOS – Inteligência Nacional e Ex-agente abre a caixa-preta da ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) (selo Escrituras). Site: www.inteligenciaoperacional.com

 

 

 


Acesso à Área Restrita

  • Para receber nossas newsletters, efetuar compras e ter acesso às áreas restritas do site faça seu cadastro clicando no link LOGIN que encontra-se ao lado direito do site.

Siga-nos

 
 
 
 
 
 
YouTube
 
 
Voltar ao topo