bg

Agentes Secretos - A perfídia

Aviso

"...Qualquer semelhança com nomes, pessoas, datas, locais, situações, ou circunstâncias, poderá não ter sido mera coincidência..."

Histórias secretas - "A perfídia"

Autor: agente secreto - codinome "Tobias"

O agente Tobias, designado no segmento operacional, recebeu uma missão especial do serviço de inteligência, juntamente com a agente Ana.

Missão: realizar uma operação de inteligência, com agentes de um serviço de inteligência estrangeiro. Um oficial de inteligência nacional, especialmente designado, seria o intérprete e acompanharia, com acesso irrestrito, todos os trabalhos operacionais.

Durante o trabalho secreto Tobias e Ana verificaram um relacionamento ostensivamente promíscuo entre o oficial de inteligência nacional e os agentes do serviço estrangeiro. Não tardou para que ambos fossem assediados pelo oficial de inteligência para que compartilhassem do mesmo comportamento, pois os agentes estrangeiros eram bastante “generosos”.

Sempre muito insistente, dias depois, o referido oficial de inteligência nacional os abordou com uma proposta bastante agressiva de cooptação e recrutamento, em favor do serviço de inteligência estrangeiro, financeiramente bastante vantajosa.

Tobias e Ana, sozinhos num ambiente operacional dominado pelos agentes estrangeiros e afastados do órgão central, negaram a tentativa de recrutamento, o que deixou o oficial de inteligência nacional bastante contrariado e agressivo.

A partir de então, Tobias e Ana sabiam que corriam perigo, inseridos que estavam naquele ambiente operacional adverso, com seus reais propósitos desvelados, e reconhecidamente identificados como ameaças.

Nos dias que se seguiram, reforçaram suas medidas de contra-inteligência, mas investigaram o oficial de inteligência nacional e os agentes estrangeiros. Descobriram o seu recrutamento pelo referido serviço de inteligência estrangeiro, para quem trabalhava há anos.

Tobias e Ana desligaram-se dissimuladamente da referida missão e retornaram por evasivas para seu órgão central, para informarem sobre a ameaça adversa dentro do próprio serviço de inteligência nacional. Convocaram uma reunião sigilosa urgente com o chefe da divisão de operações de inteligência do serviço e relataram a ele pessoalmente e minuciosamente todo o ocorrido, mostrando-lhe a materialidade das provas.

O que os agentes Tobias e Ana não sabiam é que estavam, naquele momento, condenando de morte seus próprios destinos.

Continua.


Acesso à Área Restrita

  • Para receber nossas newsletters, efetuar compras e ter acesso às áreas restritas do site faça seu cadastro clicando no link LOGIN que encontra-se ao lado direito do site.

Siga-nos

 
 
 
 
 
 
YouTube
 
 
Voltar ao topo